Evipes - O Checkout dos Campeões

O que é Pipeline? Descubra a importância de aplicar em seu negócio

O que é Pipeline? Descubra a importância de aplicar em seu negócio

O que é Pipeline? Descubra a importância de aplicar em seu negócio

O setor de marketing digital está se ampliando muito, recebendo novas expressões que podem confundir os gestores. Manter o conhecimento sobre esses termos é indispensável, para aqueles que trabalham com marketing e vendas.

Conseguir compreender é muito importante para manter os resultados e alcançar novas melhorias, pois estará atualizado com os avanços dos setores. Sendo assim, a empresa e as equipes vão manter um diálogo voltando na atualidade e atualizações, conseguindo utilizar as novas técnicas, meios de comunicação e assim por diante.

Se você tem interesse em tirar todas as suas dúvidas sobre o que é pipeline, e como utilizá-lo nas vendas do seu negócio. Continue lendo o conteúdo abaixo, e aproveite todas as dicas que separamos para você:

O que é Pipeline?

Pipeline pode ser traduzido como “cano”, essa expressão é utilizada para detalhar o processo que clientes passaram antes de efetuar a compra de um produto ou serviço. Em alguns casos, pipeline e funil de vendas são tidos como sinônimos.

Mas possuem pequenas diferenças, pois o funil de vendas é voltado para os passos do cliente até a etapa de compra. Já a pipeline é voltada para as ações dos vendedores para conseguirem convencer os clientes.

Podemos dizer que a pipeline é um tipo de mapa, possuindo todas as etapas do ciclo de vendas. Em alguns negócios ela poderá ser mais curta, em outros como: venda de imóveis, seguros ou carros, ela poderá ser mais complexa.

Com a popularização da internet, os ciclos de vendas também estão se ampliando cada vez mais. Os vendedores devem agir de forma diferenciada, realizando contatos, resolvendo todas as dúvidas e inseguranças dos clientes.

A importância da Pipeline:

Depois de entender o que é pipeline, vamos conhecer a importância dela nas empresas e para os vendedores. Essa ferramenta deve ser bem montada e organizada com os ciclos de vendas, pois o uso delas é fundamental para toda empresa que trabalha com vendas.

Ela consegue mostrar as oportunidades disponíveis de forma mais clara, assim como as etapas de cada processo e ação que podem ser tomadas para que as oportunidades se convertam em vendas.

Isso torna mais fácil para os gestores conseguirem compreender as taxas de conversão, de acordo com cada etapa do funil. Eles podem entender os pontos fracos e fortes em cada ação, o que é melhor em cada processo e entender as atitudes que devem ser tomadas para tornar as vendas melhores e mais eficientes.

Esses dados ajudam a melhorar e ampliar o número de conversões, pois o vendedor consegue ser mais assertivo.

Portanto, esse é o principal ponto que torna o pipeline importante para os vendedores e para as empresas.

Quer conhecer e saber mais sobre as principais métricas do marketing digital? Leia o nosso artigo e descubra!

Vantagens do uso do pipeline:

Confira uma lista das vantagens que o uso do pipeline proporciona nas vendas de uma empresa:

  • Visão clara de oportunidades de conversão em vendas;
  • Atua como uma ajuda para analisar o tempo de fechamento das vendas;
  • Acompanha as oportunidades que estão levando muito tempo para serem convertidas;
  • Ajuda nos valores das oportunidades de forma individual;
  • Fornece informações sobre o tempo do ciclo médio de todas as vendas e de cada etapa;
  • Gerenciamento das vendas;
  • Ajuda a padronizar alguns procedimentos;
  • O setor de vendas se torna mais assertivo, produtivo e eficiente;
  • Fornece detalhes sobre as vendas e períodos baseados nas oportunidades que deram início e estão em andamento.

Entenda os indicadores de pipeline:

Como dissemos, a etapa do pipeline poderá ser diferente para cada negócio. Portanto, poderá ver inúmeros tipos de indicadores! Vamos conhecer os mais comuns em empresas:

Oportunidades disponíveis:

Esse indicador significa a quantidade de oportunidades que a empresa poderá utilizar para converter em uma venda. Essas oportunidades serão utilizadas pelas equipes de vendas, que vão poder utilizá-las para gerar a conversão de um lead.

Ela deve ser de acordo com o seu ticket médio e ciclo de vendas, para conseguir manter uma reserva se for necessário para suprir alguma etapa anterior.

Ticket médio:

É muito importante que o ticket médio da negociação consiga cobrir os custos para os vendedores e ter a possibilidade de trazer lucros para a empresa.

É muito importante que você tenha conhecimento do ticket médio nas suas negociações, para conseguir manter o fluxo de caixa.

Ciclo de vendas:

Ele informa o tempo médio do ciclo de vendas, sendo esse o tempo que o vendedor investe até que a venda se conclua. Quanto menor for esse tempo, melhor será para a empresa! Que terá custos mais baixos para efetivar as vendas.

Lembre-se que o ciclo médio das vendas pode variar para cada setor, complexidade de venda, serviços ou produtos, e muitos outros fatores que podem mudar em cada etapa.

A pipeline consegue mensurar a velocidade em que o seu lead está, ele também indica os pontos que precisam de mais atenção do vendedor.

Eficiência:

Por meio desse indicador vemos as probabilidades que cada vendedor possui para aumentar as suas vendas, principalmente se trabalha com negociações. Essa eficiência é baseada nas vendas que foram feitas, elas são calculadas junto das etapas.

Fornecendo melhor conhecimento sobre cada etapa e processo.

Você sabe o que é CRM? Leia o nosso artigo sobre CRM e descubra o que é e como você pode aplicar no seu negócio!

Conclusão:

Você leu sobre o que é pipeline, como ela é utilizada e como funciona, a importância e as vantagens para empresas que trabalham com vendas e negociação. Agora que entendeu que é um tipo de mapa com etapas do ciclo de vendas, crie seu próprio pipeline e comece a acompanhar as oportunidades que estiverem disponíveis para você.

Essa ferramenta será um grande avanço para os leads do seu funil de vendas, proporcionando também o entendimento sobre as taxas médias das vendas realizadas.

O seu pipeline deve ser alinhado com as características do tema que você trabalha, lembre-se que cada um tem um modelo mais específico e diferente.

Monte um que seja baseado na sua venda e no processo de compra do seu cliente, para que seja mais fácil padronizar a ação no momento de vendas. Os resultados serão positivos na conversão de vendas, e também poderá ser usado na internet.