Evipes - O Checkout dos Campeões

Conheça o PIX: Nova forma de pagamentos que pode beneficiar o mercado digital

Em 16 de novembro, o mercado digital passou a utilizar o PIX como uma nova forma de transferir pagamentos. Possuindo maior velocidade nas transferências, em compras, e pagamentos. Muitas pessoas estranharam esse lançamento, mas a grande maioria já aderiu a esse lançamento do banco central.

O pagamento do PIX acontece em segundos, e não possui nenhuma taxa de transferência. Isso tem se tornado um grande avanço nos pagamentos e transferências, ou seja, uma mudança significativa na forma de movimentar dinheiro.

Vamos conhecer um pouco mais sobre essa nova forma de pagamento, e descobrir quais são os benefícios para o mercado digital

O que é o PIX?

O PIX foi criado como uma nova forma de realizar pagamentos e transferências, fazendo com que o dinheiro vá de uma conta para outra rapidamente. Com ele conseguimos evitar a restrição de horários, o que ocorreria em TED, DOC e boleto que demoraria para cair na conta.

Podemos utilizá-lo quando for necessário, a qualquer hora e dia e isso se tornou uma grande vantagem.

Muitas pessoas se perguntam se há alguma restrição do tipo de conta para usar o PIX, a resposta é não. Pessoas físicas ou jurídicas podem usar o PIX por meio da conta em banco que seja autorizada pelo Banco Central (mercado pago, Stone, caixa econômica, Bradesco, e assim por diante).

Métodos de pagamentos:

Antes do PIX os pagamentos eram e ainda são feitos por meio de cartões, TED ou DOC, pagamento de boletos, e os pagamentos feitos pelas carteiras digitais. Levam alguns dias úteis para cair na conta que você está transferindo o valor, também possuía uma taxa cobrada pelo serviço.

Pagamentos por boleto, por exemplo, levam de 2 a 3 dias úteis e depois 1 ou 2 dias para constar na conta. E o vendedor que emitiu o boleto, pagará uma taxa quando ele for pago. Outro ponto interessante, é que conseguimos evitar contato com dinheiro e mantemos o isolamento social.

Transferência eletrônica (TED) – o dinheiro transferido estará disponível na conta do destinatário até às 17 horas do mesmo dia, mas se for feito depois do horário limite (17 horas), terá que ser agendado para o próximo dia útil. O TED não possui limites para transferências.

Documento de Ordem de Crédito (DOC) – Quando o dinheiro é transferido ele ficará disponível no dia seguinte, caso ocorra depois das 22 horas, será debitada somente no próximo dia útil. Ele tem um limite de transferência até R$4.999,99 e só pode ser feito em dias úteis.

Como ele funciona:

Para utilizar o PIX será necessário a criação de uma chave, existem 4 formas atualmente:

  • Número de telefone: o seu código para pagamento será o seu número de telefone;
  • CPF: O seu código será o seu CPF;
  • E-mail: seu e-mail será o código usado para pagamento;
  • Chave aleatória: será gerado uma chave aleatória sem possuir nenhum dos seus dados.

Digamos que você vai enviar o seu código para alguém realizar um pagamento de algo que você vendeu. Vá em uma dessas opções para gerar o seu código, e esse gerado deverá ser enviado para o cliente. Ele vai em PIX e vai colar o código que você enviou, e depois definir o valor e conferir o seu nome e banco, após isso é só concluir. O pagamento poderá ser visto dentro de segundos.

Benefícios do PIX para o mercado digital:

O banco central definiu que clientes e empresas possuem benefícios em utilizar o PIX como forma de pagamento. Vamos conferir:

Para a empresa:

  • O pagamento é disponibilizado instantaneamente, reduzindo a necessidade de possuir crédito;
  • Mais facilidade para automatizar os pagamentos;
  • É enviado no mesmo instante em que foi feito;
  • O Checkout acontece de forma mais rápida e mais fácil, sem a necessidade passar o um cartão de crédito ou de devolver troco da caixa (em caso das compras presenciais em estabelecimentos);
  • Não possui taxa.

Para o cliente:

  • O PIX é mais rápido, fácil de ser usado e seguro;
  • Tem uma grande praticidade, adicionando apenas um código que pode ser copiado e colado. Diferente dos outros tipos de pagamentos;
  • É muito mais simples, não necessitando de folhas de cheque, cédulas de dinheiro, maquininhas para uso de cartões, números das contas;
  • Não possui taxa;
  • É enviado no mesmo instante.

Desconfianças do PIX:

Quando essa forma de pagamento foi lançada, muito se especulou sobre ela. Vimos pessoas falarem sobre planos e teorias conspiratórias, relatos sobre roubo de informações, clonagens, e muitas outras especulações.

Acontece que no mesmo momento em que foi lançado, ele também foi facilmente entendido por pessoas com más intenções. Elas conseguiram criar meios de fraudar o PIX, e isso é cada vez mais comum pelo avanço da tecnologia.

É importante conhecer algumas formas de evitar passar por fraudes, e conseguir aproveitar o PIX com total segurança. Veja a lista abaixo:

  • Não acesse nenhum link que tenha sido enviado por SMS, e-mails, postagens nas redes sociais que sejam de órgão estranhos. Desconfie dos links que você recebeu e desconhecidos;
  • Fique atento ao endereço do site que você está acessando para inserir seus dados. Assim você evita muitos riscos;
  • Fique atento a e-mails de convites para pré-cadastro do PIX, alguns deles podem ser fraudulentos! Cadastre seu PIX diretamente no seu banco, e não por links e convites.

Tendo esse controle e observações constantes, você consegue evitar não somente a fraude do PIX, mas também o roubo de outras informações. Seu celular inteiro pode ser clonado, e ter informações pessoais e financeiras vazadas é um problema grave!

É preciso evitar a todo custo e conferir cada detalhe das mensagens. Se possuir dúvidas jamais entre na mensagem.

O PIX chegou na Evipes: Agora usuários podem pagar com o PIX!

Cansado de pagar boletos das suas compras? Cansado de demorar até 3 dias úteis para receber seus pagamentos e comissões? O PIX trás uma nova realidade, pagamentos instantâneos para agilizar todo o processo!

A Evipes sempre está a frente no mercado digital e está sendo uma das primeiras plataformas a liberar pagamentos com o PIX para os usuários. Muito simples, rápido e fácil pagar e usar. Veja agora como é simples fazer os pagamentos pelo PIX.

Basta o usuário selecionar PIX, na forma de pagamento. E em seguida deve clicar em finalizar compra ele será direcionado para a próxima tela.

O próximo passo é realizar de fato o pagamento. Ele terá duas opções, usar o QRcode fazendo a leitura com o aplicativo do banco. E também pode usar o código do PIX. Ele deve selecionar chave aleatória no aplicativo do banco e colar o código.

Conclusão:

Agora que entendemos o que é PIX/PIX, você poderá usar essa ferramenta de transferência e pagamento com mais facilidade.

Coloque em prática as dicas de segurança que passamos aqui, não somente no PIX, mas no seu aparelho móvel ou computadores também, pois o roubo de informações é grave e muito prejudicial para todos.